quinta-feira, 29 de outubro de 2009

A MINHA APRESENTAÇÃO AOS VISITANTES

Olá a todos os Envendenses, habitantes de toda a freguesia no geral e a todos os internautas que nos visitam por este Mundo fora.

Chamo-me José Alberto Reizinho, tenho 44 anos, nasci na Pracana, no antigo bairro da EDP, por isso da freguesia de Envendos.
Resido e trabalho no Porto como Controlador de Circulação no Centro de Comando Operacional da REFER EPE.
Sou casado, tenho dois filhos de 14 e 13 anos, de nomes Diogo e Duarte e a minha mulher trabalha na Contabilidade da CP.
Sinto-me muito honrado com o convite que me foi feito pelos criadores (os pais) do blogue, para contribuir com o que quisesse enviar para a divulgação da nossa freguesia por esse Mundo fora.
Tenho um outro blogue, onde divulgo as peripécias do nosso grupo de caçadores que pertecem á Associação de Caçadores do Concelho de Mação e que desde já vos convido a visitar AQUI.
Como podeis compreender no que às notícias em cima da hora diz respeito é-me quase impossível falar delas e divulgá-las devido á distância física a que encontro, mas prometo que irei contribuir para que este sítio que é de todos tenha sempre um ponto de interesse para que seja por vós visitado, afinal há tantas histórias e outros interesses na nossa terra e que todos nós gostaríamos de ver aqui retratados, nesse sentido trabalharei e espero que todos quanto nos visitam possam também contribuir com algumas ideias e sugestões.
Finalizo aqui a minha apresentação e mais uma vez agradeço o gentil convite que me foi dirigido e aproveito para felicitar estas pessoas que assim demonstram interesse nas suas terras, nas suas gentes e estes novos meios que temos á nossa disposição servem para isto mesmo, ou seja divulgar o que é nosso, tanto quanto pudermos, pois dos governantes pouco se espera e as nossas terras merecem ser conhecidas e não esquecidas, somos decerto poucos, mas seremos capazes de o fazer com a nossa determinação, as pessoas que vivem nas nossas aldeias e que escolheram estas terras para trabalhar e viver, por vezes com muitas adversidades e sem os mimos que outros encontram nos grandes centros merecem não ficar esquecidos. Divulgar as nossas terras e as nossas gentes, é nesse sentido que irei trabalhar.
Bem ajam todos vós.
José Reizinho


VISTA GERAL DE ENVENDOS

ALGUMAS CASAS EM VALE-DA-GAMA

VISTA DA ESCOLA PRIMÁRIA DE VALE-DA-GAMA PARA A AVESSADA

VISTA PARA SÃO JOSÉ DAS MATAS

A BONITA SERRA DA ZIMBREIRA

quarta-feira, 28 de outubro de 2009

PJ no rasto de imagem roubada de capela do Vale de Grou, Envendos, Mação

A Polícia Judiciária encontra-se a investigar o roubo de uma imagem de uma Santa furtada a 25 de Setembro da capela de Nossa Senhora do Pranto, na localidade de Vale do Grou, Envendos, no concelho de Mação. “Não há dúvidas que foi mesmo roubada uma vez que a porta foi arrombada durante a noite e mais nada foi retirado da capela”, confirmou a O MIRANTE Alberto Tapadas, pároco local, sem, no entanto, querer acrescentar muitos pormenores sobre a ocorrência para não atrapalhar o trabalho das autoridades.
A imagem de pedra maciça é, segundo apurámos, “bastante valiosa” e já tinha sido furtada na década de 70 tendo vindo a ser encontrada, e posteriormente devolvida, pela antiga conservadora do Museu Municipal de Mação, Maria Amélia Pereira. Trata-se de uma imagem com dimensões médias que retrata a deposição da cruz de Jesus Cristo nos braços de sua mãe. A Polícia Judiciária tem em sua posse fotografias com vista a tentar identificar a imagem mas, até ao momento, sem resultados.

terça-feira, 27 de outubro de 2009

Falecimento

Fez ontem dia 26OUT09, um ano que se ausentou para a eternidade o nosso amigo Jorge Fernandes, natural de Ladeira, Envendos e residente em Mação.
Tinha na altura 48 anos e uma vida longa pela frente, deixando a esposa grávida onde vieram a nascer duas filhas gémeas.


A missa do 1.º aniversário da sua morte, vai-se realizar no próximo dia 30 de Outubro de 2009, (Sexta-Feira) pelas 18H00, na Igreja Matriz de Mação.


E assim sendo recordaremos para sempre o nosso amigo Jorge e que a sua alma descanse em paz.


Desejo o melhor do mundo para as filhas e esposa.

domingo, 18 de outubro de 2009

Furto de veículo em Envendos

Na noite de 16/17 de Outubro de 2009, em Envendos, junto aos correios foi furtado, por desconhecido(s), um veículo de marca Fiat Uno.
O mesmo veio a ser recuperado em Chamusca pela GNR Local.
A Investigação está a cargo do Núcleo de Investigação Criminal da Guarda Nacional Republicana de Abrantes.

quinta-feira, 15 de outubro de 2009

Envendos - Via Sacra

No alto da Serra

SIC em Envendos

2.º PASSEIO TT DE ENVENDOS

Seguem fotos:

Freguesia de Envendos

Área - 93 Km2

População - 1282 habitantes

Actividades Económicas - Silvicultura, Agricultura, Industria de carnes de madeiras e conserveira (azeitona), água medicinal, serralharia civil, pequeno comércio, Apicultura e Pastorícia.

Feiras - Anual (1º domingo de Setembro).

Locais de Interesse Turístico - Gravuras rupestres do Paleolítico no Ocreza, Ladeira, Serra da Forca, Barragem da Pracana, e Castelo Velho.

Gastronomia - Maranhos e Sarrabulho.

Caracterização

A fundação de Envendos remonta aos primeiros dias da nacionalidade e parece terem sido os Hospitalários, mais tarde Ordem de Malta na ajuda de reconquista a Afonso I de Portugal, os seus promotores.

A designação de Envendos é de origem duvidosa afirmando tratar-se de uma corruptela de Em- Os -Vendo. No entanto, segundo o toponímista Dr. Joaquim da Silveira seria a sequência evolutiva do primitivo nome Evenandus que passa para Eveando - Evendo - Enveendo - Envêdo- Envendo - Envendos. Envendo é um velho nome de pessoa, simples variante evolutiva de Envendo formas românicas de origem germânica. De influência Romana existem duas pontes como testemunha as de Vale da Mua e de Pracana (Ladeira).

Sabe-se que nesta zona existiram explorações de ouro levadas a cabo por cartagineses e romanos. Em vários locais da freguesia foram encontrados vestígios da fixação romana com a descoberta de VILLAE (aglomerados populacionais), como também vários vestígios de peças de cerâmica nas proximidades do Tejo e Ocreza onde se desenvolviam actividades como a pesca, agricultura e exploração mineira.

De realce na freguesia de Envendos existe a Igreja de N. S. da Graça, edifício do séc. XVII com 3 naves onde se destacam vários elementos arquitectónicos como colunas oitavadas, púlpito de cálice de forma pouco comum, um prato de oferta de cobre lavrado e o portal de arco perfeito com um fecho onde existe uma cruz de malta esculpida.

Uma grande parte da nomeada de Envendos provém das suas águas de Ladeira de Envendos que se podem recolher directamente do manancial ou adquirir em garrafas comercializadas.

E são as águas das termas da Ladeira as quais constituem uma "benção" para a cura de doenças dermatológicas, ortio-mio-articulares, cardiocirculatória, digestivas, nefro-urinárias e metabólicas.

Estuda-se a possibilidade de no seu cortejo fúnebre após a sua morte em Extremoz a caminho de Coimbra, Amieira, tenha sido local de passagem da Rainha S. Isabel.